sexta-feira, 4 de julho de 2014

AME...



AME...

Ame com o coração
E esqueça a razão
Ame com liberdade
E esqueça a vaidade
Ame com a inocência
Sem a experiência
Ame com firmeza
E esqueça as incertezas
Ame os defeitos
Ninguém é perfeito!
Que bom!
Ame, ame muito
E quando amar
Não se faça especial
Seja essencial
Nunca seja único
Transforme-se em múltiplos
E depois verá sombras
Não procure alguém especial,
Em vez disso, seja especial
Para quem você ama
E, quem sabe, assim
Você possa amar alguém
E ser amado também...

@ Renata Cordeiro

4 comentários:

Daniel Costa disse...

Renata

O amor será sempre especial, a continuidade será fundamental. Se não poder ser, ao menos que um belo poema seja escrito a marcar.
Camo aconteceu. O amor ficou enriquecido.
Beijos

PAULO TAMBURRO. disse...

OLÁ RENATA,

sempre procuro ser essencial!

Um abração carioca.

Nilson Barcelli disse...

Amar é isso mesmo.
Magnífico poema, gostei muito.
Tem uma boa semana, querida amiga Renata.
Beijo.

Lilly Silva disse...

Lindo Renata! Ser essencial é um ponto importante, que muitas pessoas acabam se esquecendo...
Passando para te desejar uma linda semana!!!
Bjus mil ♥