domingo, 16 de março de 2014

CORPO DE AREIA





CORPO DE AREIA

Corpo feito de grãos de areia

Fica perto da água, à beira

Como um navio que sai ao mar,

Sem saber onde aportar

Corpo tão escultural

Feito de iodo e sal

Vagas carinhosas

Águas deliciosas

Paraíso dos peixes multicores

Os farnientes a vinham admirar

A Imagem que despertava amores

E Ele estava lá... a contemplar...

6 comentários:

São disse...

Um texto muito belo e uma imagem lindaaaaa

Minha querida, abraço com votos de execelente domingo

Blue disse...

Um dia sonhei,
Em beijar alguém,
Na beira do mar.

Mas quero ainda muito viver,
Para com este amor rolar,
Na areia do mar!



Beijo

Daniel Costa disse...

Renata, corpo escultural a fazer inveja às ondas do mar a se espraiar, numa homenagem, deveras singular. O poema representa a suave maresia.
Beijos

Evanir disse...

Hoje Dia Do Blogueiro..
Venho te deixar meu abraço
carinho e agradecimento
por caminhar comigo .
Que durante muitos anos ainda possamos
caminhar juntos levando paz e amor.
Beijos no coração .
Evanir.

Nilson Barcelli disse...

Corpo de areia pede beijos de mar...
Belíssimo poema, gostei muito.
Renata, tem um bfs.
Beijo.

wcastanheira disse...

Belo, lindo, quentinho, coladinho, gosto, adoro este tipo de leitura, dxo pra vc beijinhos e beijinhosssssssssss