sexta-feira, 18 de março de 2016

OS VERSOS QUE TE FIZ, SONETO DE FLORBELA ESPANCA






OS VERSOS QUE TE FIZ

Florbela Espanca

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!


5 comentários:

Jorge disse...

Florbela Espanca alimenta-nos a alma!

Beijinho

Elvira Carvalho disse...

Um grande talento e uma alma sedenta de amor.
Um abraço e bom fim de semana

Daniel Costa disse...


Admirador da poesia de Florbela Espanca, o que acho interessante é ela ter evocado os mármores. Os mármores abundante em Vila Viçosa, o seu berço, comparados aos famosos, de Carrara, Itália.
beijos

MARILENE disse...

Eu simplesmente amo esses versos. Tudo que Florbela Espanca escreveu merece aplausos. Bjs.

✿ chica disse...

Maravilhosa escolha! bjs, tudo de bom,chica